25 de abril face e blog

 

É necessário que a conscientização da população sobre os riscos e importância do combate ao mosquito Aedes aegypti comece na  escola. Essa estratégia é defendida pelo ministro da educação, Aloizio Mercadante. Segundo ele, para vencer essa luta contra o mosquito, é necessário fazer que o estudante leve essa causa para dentro de casa.

“A escola é o espaço, talvez o mais importante, que a gente tenha no Brasil para fazer esse combate permanente. Nós somos 60 milhões de estudantes no Brasil, professores e servidores. Através da sala de aula, a gente pode manter informada a juventude, as crianças e ela levará para dentro de casa uma nova atitude”, afirmou o ministro.

Aedes aegypti é um mosquito doméstico, o qual vive dentro de casa e em ambientes urbanos perto do homem. Apresenta hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. É necessário que haja água parada e limpa para a reprodução.

Durante o dia, deve-se ficar atento aos criadouros desse mosquito, para não deixá-lo nascer, principalmente, por ser o horário em que encontra-se mais ativo.

Dessa forma,  é preciso que haja ações de engajamento de toda equipe da escola e os próprios estudantes como protagonistas para exterminar o vetor.

Recomenda-se que o plano contenha ações de educação e mobilização, a fim de combater os focos do mosquito,  objetivando a eliminação dos locais em que possam acumular água. Comunicação e informação são primordiais para tal ação.

A Editora GRAFSET apresenta um material exclusivo para prevenção contra dengue, chikungunya e zika vírus.Esquadrão da saúde: Batalha permanente contra o Monstro Aedes é um conjunto pedagógico que apresenta: revista educativa, manual da família, jogo de tabuleiro, conteúdo digital, bloco check list e cartaz.

Para mais informações, entre em contato com a nossa editora.

 

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *